Bandeira

De à sombra do futuro

Ir para: navegação, pesquisa

Bandeira

Deyson Gilbert


Uma bandeira é um estandarte simbólico de uma nação, corporação ou partido. É também emblema de união e proteção. Suas figuras e cores são elementos fundamentais para a identificação e construção simbólica do grupo representado por ela. Feita de pano e hasteada em um mastro, com altura e dimensões estabelecidas por convenções, a bandeira tremula conforme a direção e intensidade do vento do ambiente na qual se encontra.

A bandeira do trabalho de Deyson Gilbert, porém, não tem cor nenhuma, não tem figuras. Abstrata, a única coisa que simboliza é a própria ideia de bandeira. Cercada por ventiladores que colocam o ar do espaço em circulação, o artista revela a artificialidade que está por trás de quem decide, pela manipulação do vento, a direção a ser tomada por uma nação, corporação ou partido. Ao mesmo tempo, a bandeira tremula não em uma, mas em diversas direções, como se várias vozes ou ideias se confrontassem para decidir um norte. Apesar da ordem e simplicidade da situação construída com os ventiladores, a dinâmica do movimento da bandeira se mostra praticamente imprevisível. Imprevisível exatamente por ser construída de maneira ordenada, tal qual as estruturas de poder aparentemente claras e bem estabelecidas, mas que a cada tempo são utilizadas para colocar as coisas em marcha em direções inesperadamente divergentes.


Deyson Gilbert - Bandeira.png


Vídeo

Vídeo da obra em funcionamento durante a exposição.